Home Categorias TEMPLO DE ESTUDOS MAÇÔNICOS O COMPORTAMENTO DO MAÇOM DENTRO E FORA DO TEMPLO
O COMPORTAMENTO DO MAÇOM DENTRO E FORA DO TEMPLO Imprimir E-mail
Ter, 13 de Abril de 2010 16:28

O COMPORTAMENTO DO MAÇOM DENTRO E FORA DO TEMPLO

Klebber S Nascimento

13.04.2010

A tolerância é a habilidade de conviver, com respeito e liberdade, com valores, conceitos ou situações, que nem sempre concordamos

Em todos os ramos da atividade humana, o HOMEM está constantemente na busca do aperfeiçoamento das idéias, da sua satisfação pessoal, profissional e material, e ao ingressarmos na Maçonaria aprendemos que ela é uma instituição milenar e tradicional, e que já foi bem mais secreta, e nesse sentido é agradável sentirmos nosso crescimento interior e aprimoramento pessoal, que ela nos proporciona através de conceitos e ensinamentos aprendidos com os irmãos, em loja, ou através da leitura do Ritual do Aprendiz Maçom, Grau 1, do Rito Escocês Antigo e Aceito, que é uma verdadeira fonte de riqueza para o nosso aprimoramento, e que nos conduz para a lapidação da nossa pedra bruta.

A Maçonaria proclama, como sempre proclamou desde a sua origem, o fundamento na crença da existência de um Criador do Universo, DEUS, denominado o Grande Arquiteto do Universo, que tem como causa a busca da Verdade, da Liberdade, baseadas na lei Moral, como princípio a Liberdade, a Igualdade, a Fraternidade e a Caridade, como frutos, a Virtude, a Sociabilidade e o Progresso, e por fim a Felicidade, a Paz e a Concórdia para a HUMANIDADE.

Assim, pois, espera-se que nós maçons devemos ser, homens bons, leais, honrados, quaisquer que sejam nossas crenças e convicções, tratar por igual todos os homens, sem distinção de classe, raça ou credo, pois, se assim procedermos estaremos contribuindo para a prática da moral, da igualdade, da solidariedade humana e da justiça em toda sua plenitude.

Feito esse pequeno resumo dos verdadeiros fundamentos da ideologia maçônica, destaco a seguir como essenciais, os seguintes postulados aprendidos na Maçonaria, que com certeza nos conduzirá de forma plena, par estabelecermos comportamentos tanto dentro como fora do Templo Maçônico.

TOLERÂNCIA

É uma das virtudes maçônicas mais enfatizadas, a qual muitas vezes é confundida com conivência.

A tolerância é a habilidade de conviver, com respeito e liberdade, com valores, conceitos ou situações, que nem sempre concordamos, portanto, há convivência mas não há, obrigatoriamente, concordância, e, conivência é a convivência em que, mesmo não concordando com certos valores, conceitos e situações deixamos de expressar nosso parecer desfavorável, não refutamos mesmo que só em pensamento, e, não reprovando, estamos sendo cúmplice, aceitando tacitamente tal situação.

Assim como Deus é tolerante com o pecador, não com o pecado, devemos ser tolerantes com nossos filhos quando eles erram, não podemos ser omissos e coniventes com o erro, devemos expressar nosso descontentamento e corrigir o desvio, é dever e responsabilidade de todo pai.

Devemos praticar a tolerância no seio familiar, com os amigos, no trabalho, bem como na sociedade como um todo, pois um dos postulados em que a Maçonaria tem como fundamento é: “Exigir a tolerância com toda e qualquer forma de manifestação de consciência, religião ou de filosofia, cujos objetivos sejam de conquistar a verdadeira moral, a paz e o bem-estar social”.

Cada homem não existe somente para si, mas antes de tudo, para a Humanidade, cujo bem-estar devemos promover, e dentro da Maçonaria não é diferente, a tolerância está ligada, como ponto de partida às concessões feitas para preservar as engrenagens da Ordem, que admite e respeita as opiniões contrárias.

A tolerância está na Sabedoria, que faz sentir na Força e na Beleza, através dos ensinamentos, no respeito á individualidade e ao direito do outro, e sendo tolerante com a intolerância do outro, vai fazer com que ele reflita, para também ser tolerante.

ÉTICA

A ética é a arte de criar um caráter moral, de contrair hábitos dos quais resulte naturalmente um porte conforme as leis do dever. A ética é ampla, geral e universal, é uma espécie de cimento na construção da sociedade, em resumo,é a ciência que trata dos costumes, dos deveres e do modo de proceder dos homens para com outros homens.

Devemos estar embasados dos preceitos dos valores éticos e dever moral para com os nossos semelhantes. É preciso que nos comportemos adequadamente em todo o momento e lugar, não só maçônico, mas durante 24 horas.

Devemos nos revestir de caráter probo e de retidão de nossas intenções, antes mesmo de qualquer ação. Nossas palavras, gestos e atitudes são o cartão de visita do nosso comportamento. Como todo ser frágil e pecador, que também o somos, temos momentos de incorreção, mas não se julga ninguém pelo tombo e sim pelo modo como ele se levanta.

Ser livre e de bons costumes é requisito de suma importância para um profano poder ingressar na Maçonaria, e sendo ela uma organização ética, sendo seus códigos de moral rígidos, façamos nossa parte mostrando ao mundo profano que nós, maçons, preferimos sentimentos mais nobres, que nosso comportamento seja basilar nos princípios morais, que nossas palavras sejam repletas de justas considerações, pois o EU só estará em equilíbrio quando se vive harmoniosamente na sociedade, pois uma célula só permanece sã enquanto cumpre a sua função no interesse do seguimento da sociedade a qual pertence.

Não devemos agir pelo oportunismo do momento, devemos ter lealdade, que nosso relacionamento seja permeado da temperança e da tolerância, padrões de costume que devemos disseminar por todo o universo, buscando assim o objetivo da nossa instituição maçônica, que é a de criar homens sustentados pela força do conhecimento e da beleza de nossos atos.

SABEDORIA

Todos os conhecimentos que adquirimos durante a nossa existência, seja pela experiência própria ou através dos ensinamentos recebidos, não quer dizer que somos sábios. Sabedoria é definida como amor em ação, ela floresce quando a consciência foge da prisão do “eu”, depois de aprender a discernir entre o real e o irreal, entre o eterno e o transitório. Quando ela está presente, a qualidade de amor espiritual se manifesta espontaneamente em relação a tudo que existe em todo o universo. À medida que a sabedoria floresce na consciência individual, ela transforma não apenas o indivíduo, mas também, através dele, o meio ambiente circundante.

A sabedoria não pode ser ensinada ou aprendida como lição na escola ou na universidade. Ela é o resultado de uma vida de procedimento e meditações naquilo que é de interesse passageiro e no que é eterno.

E nesse sentido, quero deixar registrado o que escreveu um grande sábio:

SABEDORIA

Se eu pudesse deixar algum presente a você...

Deixaria aceso o sentimento de amar à vida dos seres humanos

A consciência de aprender tudo o que foi ensinado pelo Tempo afora

Lembraria os erros que foram cometidos para que não mais se repetissem

Deixaria para você, se pudesse, o respeito àquilo que é indispensável

Além do pão, o trabalho

Além do trabalho, a ação

E, quando tudo mais faltasse, um segredo:

O de buscar no interior de si mesmo a resposta e a força para encontrar a saída

Mahatma Gandhi

Queridos irmãos, busquemos a sabedoria e tudo o mais será acrescentado a nossas vidas.

Concluindo, devemos nos conduzir com absoluta isenção, e máxima honestidade de propósitos, coerentes com os princípios maçônicos, para que possamos ser um obreiro útil a serviço da nossa ordem e da humanidade, para assim cumprir nossos deveres como elementos da Sociedade humana e, particularmente, como membros da Sociedade Maçônica, pois é através da difusão de conhecimentos que se pode conduzir o homem a uma existência melhor pelos caminhos da Justiça e da Tolerância.

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

 
Livro Banquete Maçônico
Banner
Visitantes Online
Nós temos 16 visitantes online
Visitas
mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
 
Usuários Online
Nós temos 16 visitantes online
Twitter

Nos siga no Twitter

Idiomas / Language
English French German Spain Italian
Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
Publicidade
Banner
Banner
Banner
Banner